terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

[Resenha] Sorrisos Quebrados - Sofia Silva

Título: Sorrisos Quebrados
Autora: Sofia Silva
Paginas: 286
Disponível em Ebook

Paola casou-se com Roberto. Um jovem lindo, que todas sonhavam em conquistar, e ela acreditou que viveria um conto de fadas. Mas o tão sonhado conto de fadas, virou um pesadelo, tão logo ela se viu casada com ele. Roberto tornou-se um louco, começou com proibições, culpava ela por coisas que não existiam. Paola sofria agressões verbais e psicológicas, e então começou a sofrer agressão física. Até que um dia, Roberto está tão enfurecido, que Paola se vê entre a vida e a morte, e então, sua vida muda para sempre.

Agora 6 anos depois, Paola vive em uma clínica para pacientes com traumas. Ela precisa conviver com as sequelas que Roberto deixou em seu corpo e em sua mente. Seu corpo carrega as marcas e sequelas do ataque. E é na clínica que ela conhece uma garotinha de 4 anos chamada Sol, que também tem seus traumas e problemas de socialização. A conexão entre as elas é inevitável e as duas desenvolvem uma linda amizade. E a relação entre as duas faz com que Paola conheça André, o pai da menina.

André carrega seus próprios demônios e vive apenas em função da filha, seu único objetivo é trabalhar e fazer a filha feliz.

André e Paola não acreditam mais no amor. Cada um à sua maneira, viveram desilusões que destruíram seus sentimentos e feriram seus corações. Mas agora que seus destinos se cruzaram, Paola e André serão capazes de abrir seu coração para novos sentimentos? Ou quem sabe um novo amor?
Um romance lindo, que traz uma narrativa com capítulos alternados entre os dois personagens. O leitor pode acompanhar a cada página, o nascimento e crescimento dos sentimentos entre Paola e André. Dois sorrisos quebrados que voltam a sorrir e a amar.


Emocionante e encantador. Não há como não se emocionar com essa linda história de amor.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

TAG - TOTALMENTE DESNECESSARIO





Vi essa TAG no blog Livrosde Elite e achei bem legal, então vamos fazer nossa ¨investigação ¨ e descobrir  o que as Malucas acham Totalmente Desnecessário



1-  Totalmente desnecessário ter uma continuação.
Aline -  Serie Crossfire. Podia acabar nos 3 livros, não tinha necessidade de 5 livros.
Ana – Pelamor, hoje em dia to achando que tem muito livro com continuações  desnecessárias, mas uma continuação que detestei foi FUNÇÃO CEO 3, toda beleza que os dois primeiros livros me encantaram colocaram por terra nesse terceiro livro
Jess – Quarto e Quinto livros da série Crossfire. Amo Gideon mas a titia Sylvia pisou na bola e caiu de boca
Sol – Me sinto tão carente de livros únicos e tão sobrecarregada de livros enormes, cheios de continuações, muitas vezes tão cansativas e desnecessárias que poderiam facilmente serem reduzidas a um livro único, mas na minha opinião a mais desnecessária ( me perdoe quem não concorda rs ) é O Professor, da Tatiana Amaral, ela poderia ter feito tranquilamente no máximo 2 livros.

2 - Totalmente desnecessário mais de um ponto de vista .
Aline – Despedida de Solteira ( Mila Wander ) Acho que os 2 primeiros livros poderiam ir alternando os pontos de vista, não tinha a necessidade de dois livros separados a meu ver.
Ana – Eu não curto muito POVs viu gente, acho cansativo, repetitivo e bem desnecessário mesmo, e para mim o livro Grey é um desses casos. Amo a trilogia, já li muitas vezes ( mas muitas mesmo) mas acho que Grey não acrescentou em nada a historia que muitas de nos amamos
Jess – Detesto POVs, a não ser que seja no mesmo livro e depende muito do estilo do POV, mas confesso que comprei o livro Greye li todinho, afinal é o Grey hahahaha
Sol – EU DETESTO POV, posso amar o livro, mas se tiver outro livro com a visão de outro personagem, eu desencanto totalmente, Eu gosto das surpresas do livro, de virar cada página e ficar na expectativa do que vai acontecer. Acho os POVs extremamente cansativos e repetitivos ( até mesmo o livro na visão do Grey )

3 - Totalmente desnecessário ter esse livro adicionado à serie .
Aline – Amoooooo a série Cretino Irresistível, principalmente Will, mas o livro Chefe Irresistível acho que não foi muito relevante. Ta, sempre  imaginamos o que acontece depois, mas sinceramente acho que não influenciou muito a historia de Will e Hannah, e olha que amo esse casal.
Ana – Uma das minhas series favoritas é a serie Cretino Irresistivel, mas os livros Noiva Irresistivel e Sempre Irresistivel para mim foram total e completamente desnecessários
Jess – A Besta da Serie Irmandade da Agada Negra, no meu ponto de vista não acrescentou nada, a historia do Rhage poderia ser paralela a tramas mais esperadas e interessantes da Irmandade .
Sol – Eu li recentemente a serie dos Bridgertons ( Julian Quinn ) e na minha opinião, o livro 9, E Viveram Felizes para Sempre, foi totalmente desnecessário, salvo alguns capítulos, eu li apenas por ler. Não gostei. 

4 - Totalmente desnecessário ter um Cliffhanger ( o que é isso ??? rrss, Conhecido como ¨gancho¨ e nada mais é do que aquela surpresa ( boa ou ruim ) que finaliza um livro, e  que te faz querer sair correndo para o próximo livro para saber o que acontece a seguir .  
Aline – Elle – Musica, Amor e Amizade. O que foi o final?, não sei dizer, corri pra terminar a série e fiz isso em um fim de semana.
Ana – Eu ia mencionar 50 tons de cinza, mas não vou rs. Vou escrever com todas as letras CLUBE 13 da Barbara Biazolli, gente quando aquele primeiro livro acabou, juro, fiquei enlouquecida, corri pra adquirir o segundo ebook porque eu não ia conseguir nem dormir se não lesse logo a continuação rs
Jess – Amante Eterno, quando acabou quase tive um treco, tinha que saber o que ia acontecer em Amante Desperto... E foi lindo, valeu a pena.
Sol – Foram tantos rs, mas vamos la, tenho que falar do livro De repente o Destino ( S. Miller ), esse livro me deixou enlouquecida, porque o final dele é totalmente diferente do que estamos acostumados... Fui correndo ler o segundo livro, De repente a Obsessão.

5 - Totalmente desnecessário ficar comparando um livro com o outro.
Aline – Aposto que 50 tons vai estar disparado na cabeça de muitas, mas vou dizer uma coisa que ouvi, comparações entre ele e o clássico  91/2  semanas de amor. Ah gente, por favor né, não da para comparar os dois, iguais em suas diferenças kkkkkkkk
Ana – Vixi, são muitos e em todos os gêneros, mas gostei da Ideia da Geeh do Blog Livros de Elite (onde me inspirei pra essa TAG ) .. Jogos Vorazes e Divergente, eles são muito comparados e apesar de algumas semelhanças tem muitaaaassss diferenças
Jess  - Crossfire e 50 tons rrss, são iguais mas diferentes e eu, pelo menos, sempre fico na duvida de qual amo mais.
Sol – Vou compartilhar da mesma opinião de Jess, e falar de 50 tons e Crossfire, são incomparáveis.

6 - Totalmente desnecessário ter somente um ponto de vista.
Aline – Sob Seu Dominio ( trilogia) Acho que deveria ter o ponto de vista de Sharker, para entender melhor o que se passa na cabeça dele.
Ana - Eu adoro livros com pontos de vista intercalados, mas senti falta disso em Cartas Para um Pai da autora Janaina Rico, faltou o personagem masculino se manifestar, mesmo o livro sendo muito legal, faltou um tcham ;)
Jess – A série Peça-me o que quiser. Queria muito o ponto de vista dos dois intercalados.
Sol – A serie Peça-me o que Quiser, eu também gostaria muito de ter o ponto de vista do Eric ( eu Ana Paula concordo com vcs viu Jess e Sol rs )

7 - Totalmente desnecessário ter lido.
Aline – Um amor pra recordar. Olha, amo o filme, já assisti diversas vezes, mas em comparação com o livro... Prefiro o filme kkkkk
Ana – Simplesmente Acontece . Me arrependi de ter lido esse livro, não porque a historia não é boa, é ótima mas preferiria ter ficado so no filme, achei o livro cansativo e enrolado
Jess – A serie O amante ... por favor, detesto a Ava e o Jesse hahahaha
Sol – Trilogia RockStar, não consegui sair do primeiro livro. E olha que fui insistente, tentei ler pelo menos umas 3 vezes... impossível, tive que abandonar a leitura.

É isso pessoal, quer deixar sua lista dos Totalmente Desnecessário ?, não sinta vergonha, sera um prazer pra gente conhecer a sua.

Ate a próxima !!!




segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Antes de Partir - Colleen Oakley


Título: Antes de Partir
Autora: Colleen Oakley
Editora: Bertrand Brasil
Paginas: 322



Antes de partir me chamou a atenção primeiramente pela capa e depois pela sinopse, e eu de imediato, sabia que ele seria um livro inesquecível. 

Daisy, é uma jovem de 27 anos que venceu o câncer de mama. Agora, três anos depois ela se vê diante da notícia de que o câncer não só voltou, como tomou conta de várias partes do seu corpo e que seu diagnostico segundos os médicos, é irreversível. Qualquer tratamento que ela faça, irá apenas prolongar sua vida em alguns meses, mas não vai curá-la. 

Ela mergulha então em estágio de dor, negação, depressão. Mas acima de tudo, ela se preocupa com seu marido Jack: Como ele vai ficar depois que ela se for? Quem vai arrumar a casa e cuidar dele como ela faz hoje? E é assim que ela passa vários dos seus dias tentando encontrar uma possível esposa para ele. Mas aí a questão surge: ela quer ter certeza que ele vai ser feliz depois que ela morrer, mas, no entanto, ela não deveria estar passando seus últimos dias ao lado do homem que amava? Aproveitando cada segundo de tempo que ainda tinha?

Por muitas vezes eu questionei as atitudes da protagonista, mas também me colocava no lugar dela, e sinceramente, não sei como seria minha reação. Quão difícil é saber que você tem apenas alguns meses de vida, e o que deve fazer para aproveitar da melhor forma possível? Conforme avancei na leitura e conheci mais sobre a personalidade da Daisy, eu entendi o lado dela. Ela é forte, e apesar de tudo, não se deixa abater.

Antes de partir não é apenas um livro sobre câncer, é sobre sentimentos, aceitação da morte. Sobre amor, família e amizade. Uma leitura leve e rápida, apesar do tema delicado e com uma escrita encantadora. Indico para aqueles leitores que apreciam uma leitura comovente, que arranca lágrimas, mas que sempre nos traz algum tipo de ensinamento.